LIVRO VS FILME: Asiáticos Podres de Ricos

Quando o filme de “Asiáticos podres de ricos” estreou eu fiquei doida pra ver mas me segurei porque queria ler o livro primeiro! Primeiramente, gostaria de dizer que eu gostei muito das duas obras… mas, como já era de se esperar, o livro me encantou muito mais.

foto autoral

Quando eu terminei de ler, percebi que ia ser um desafio o filme conseguir transmitir todas as características e todos os sentimentos dos personagens que a gente encontra no livro. A história possui muitos personagens e todos tem sua relevância na trama, o livro é narrado em 3ª pessoa intercalando o ponto de vista de cada um. Isso gerou uma riqueza de detalhes que, na minha opinião, o filme não conseguiu abranger, por isso, me conectei muito mais com os personagens durante a leitura.

foto retirada do Pinterest (Filme Podres de Ricos)

Entretanto, o filme em si é muito bom! É claro que houve algumas mudanças mas nada que prejudicasse a história. Achei a produção do filme encantadora, os cenários ficaram incríveis (a cena do casamento foi perfeita)! Por fim, as duas obras cumprem o papel de mostrar esse mundo em que tudo que importa é a hierarquia da sua família e quanto dinheiro você tem, mas o livro tem uma pegada mais satírica e às vezes eu me pegava rindo sozinha das notas de rodapé do autor.

Por último pra quem pretende ler/ver ou já leu/viu mas ficou perdido vou deixar um desenho da linhagem dos personagens bem legal que encontrei no pinterest e me ajudou bastante hahahhahah 😉

foto retirada do Pinterest

Enfim, recomendo bastante tanto o filme quanto o livro! Se você é fã de um chick lit aposto que vai adorar! Até a próxima ❤

Resenha “Sorrisos Quebrados” – Sofia Silva + Quotes

Romance contemporâneo│ 240 páginas │ Classificação ★★★★★

“O universo pode ser um lugar escuro, mas basta uma estrela para iluminá-lo. “

Um romance incrível que aborda temas delicados de uma maneira muito inteligente. “Sorrisos quebrados” foi uma leitura surpreendente que mexeu comigo do início ao fim. Nesse livro, a autora trata de temas extremamente importantes como relacionamento abusivo e dependência química, mas também aborda a superação e como o amor pode florescer após a dor.

sinopse (retirada do skoob): Sorrisos Quebrados gira em torno de três personagens: a jovem Paola, a pequena Sol e seu pai, André. Os três são vítimas de violências distintas, que deixaram marcas profundas em cada um. Trata-se de uma história de superação de dores, magia, estrelas e de como importantes laços humanos podem se formar a partir da autoaceitação, da arte e da tolerância no cotidiano.

foto autoral

“Às vezes, precisamos entrar em caixas pretas para perceber que nunca paramos de brilhar, e que a nossa cor só pode ser vista por quem foi pintado pelas mesmas tintas e pelos mesmos pincéis.”

Depois de seis anos do fim de um relacionamento abusivo, Paola ainda carrega sequelas físicas e emocionais de toda a dor que sofreu durante seu casamento. André não superou os estragos que um antigo amor causou em sua vida. E Sol é apenas uma criança que sofreu demais antes mesmo de completar seu primeiro ano de vida. Os três estão tentando superar todos os estragos quando suas vidas se cruzam. Então, eles vão perceber que o amor pode ajudar a curar as feridas do passado.

“Ele é a tormenta e a calmaria. O rochedo que protege contra a força das ondas e a areia que voa com uma simples brisa.”

A escrita da autora é muito envolvente e, por isso, li o livro super rápido! Os protagonistas desse livro sofreram muito no passado mas é incrível acompanhar a maneira como os dois vão aprendendo a superar os traumas. A Sol é o ponto chave da história que une os dois e ela é muito fofa!

O livro é narrado em primeira pessoa alternando entre o ponto de vista dos personagens principais. Eu gosto de histórias escritas dessa maneira porque nos permite conhecer melhor ambos os protagonistas e entender o que cada um sentiu durante o desenrolar da trama. Além disso, é mais fácil se conectar com um personagem quando sabemos seu lado da história.

Por fim, preciso dizer que adorei demais esse livro e recomendo de olhos fechados! Aproveita pra ler no kindle unlimited!

obs: o livro apresenta gatilhos.

Resenha Edenbrooke – Julianne Donaldson

Os romances de época conquistam legiões de fãs por onde passam e quando eu li Edenbrooke entendi o porque, essa história é cativante e deixa a gente com aquele quentinho no coração depois da leitura!

Romance de época │ 304 páginas │ Classificação
★★★★★

Sinopse: Marianne Daventry fará qualquer coisa para escapar do tédio de Bath e das atenções amorosas de um pretendente indesejado. Então, quando chega um convite de sua irmã gêmea, Cecily, para se juntar a ela em uma enorme casa de campo, ela agarra a chance na hora. Pensando que vai poder relaxar e desfrutar de seu amado interior inglês enquanto sua irmã tenta fisgar o belo herdeiro de Edenbrooke, Marianne descobre que até mesmo os melhores planos dão errado. De um aterrorizante encontro com um salteador a um aparentemente inofensivo flerte, a jovem se encontra envolvida em uma aventura inesperada e cheia de romance e intrigas, suficientes para manter sua mente agitada. Ela será capaz de controlar seu coração traidor, ou um estranho misterioso irá arrebatá-lo? O destino estava pensando em algo diferente de um verão relaxante quando mandou Marianne para Edenbrooke.

“Creio que nunca conheci uma dama como você, srta. Marianne Daventry, e eu lamentaria muito esquecer qualquer detalhe sobre esta noite.”

Marianne é uma jovem de apenas dezessete anos que já sofreu demais para sua pouca idade. Ela é o que alguns chamariam de espírito livre, por isso, ficar na cidade com sua avó é praticamente um sacrifício, uma agonia completa. Então quando sua irmã a convida para passar um tempo em Edenbrooke, uma bela casa de campo, a jovem não poderia ficar mais feliz. Nessa jornada, Marianne vai encontrar vários desafios, como ter que lidar com seus sentimentos cada vez mais confusos.

 “—  Do que você precisa?  —  Minha voz era pouco mais que um sussurro.  —  Do seu sorriso. Eu não o vi o dia todo.”

Gente! Esse livro é incrível, os personagens são muito bem construídos, todos carregam uma história marcante que te cativa logo no início. Os personagens secundários, além de engraçados (alô sr. Clumpett e Betsy), são muito importantes para a trama, não estão ali só para dar apoio à história.

“Ela flertaria com o sr. Kellet enquanto Philip saía para fazer coisas que um pastor não aprovaria e eles poderiam viver uma vida feliz, desonesta e imoral juntos.”

E o que falar desse casal, meu povo?! É lindo ver o romance dos dois florescer, não é algo repentino, que acontece da noite para o dia, os dois se tornam grandes amigos para depois perceberem que sentem algo mais. É muito fofinho ver a Marianne tentando entender o que está acontecendo enquanto Philip está claramente se declaramdo para ela hahahah.

“Eu passei minha vida sendo a lua, refletindo a luz de Cecily e permitindo que ela brilhasse. Mas ali, com Philip, eu era o sol. Não poderia imaginar um começo melhor para o resto da minha vida”

Essa leitura foi encantadora. Recomendo de olhos fechados para todos os amantes de um bom romace de época ou para quem quer ler algo mais leve e descontraído. Se você nunca leu nada do gênero mas tem curiosidade, esse livro é ótimo para começar, tenho certeza que vão gostar! O melhor de tudo é que está disponível no kindle unlimited!